Comandante da Polícia Militar prestigia posse do Conselho Comunitário de Segurança da Jabotiana

Na noite dessa quarta-feira (10) tomou posse a nova diretoria do Conselho Comunitário de Segurança do Bairro Jabotiana, em Aracaju. A solenidade aconteceu na Associação de moradores local e contou com a participação do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral, que na oportunidade, representou o governador Belivaldo Chagas.

A nova gestão do conselho de segurança contará com o trabalho voluntário de 14 representantes dos mais de 35 mil moradores e comerciantes do Bairro Jabotiana, formado pelos complexos residenciais Aloc, Cabrito, Celuta Porto, Conjunto JK, Jabotiana, Largo da Aparecida, Santa Lúcia, Sol Nascente e Várzea Grande.

Durante a posse da nova diretoria, o comandante da Polícia Militar reforçou a importância de haver um constante estreitamento entre a comunidade e os órgãos públicos para que tenhamos sucesso no combate à criminalidade. “A comunidade conhece de perto os problemas que atingem os seus bairros, e tem consciência de que, nem sempre, a solução está somente na presença policial. É necessária, uma comunicação constante com o poder público, no sentido de solucionar questões estruturais como uma rua mal iluminada e esburacada, por exemplo, que também representam um problema de falta de segurança”.

O coronel Marcony explicou que a Polícia Militar é a única instituição da segurança pública, que está presente em todos os municípios sergipanos, diuturnamente, sempre pronta para defender a sociedade. “Estaremos sempre à disposição das pessoas e contamos com a voz de cada cidadão, para que o trabalho incansável dos nossos policiais seja evidenciado diariamente”, disse o comandante da PM.

O novo presidente do Conselho de Segurança da Jabotiana, Victor Fontes, fez um relato sobre as formas pelas quais a nova diretoria pretende auxiliar na construção de uma comunidade mais segura e convocou a todos a manter alto nível de comprometimento com a comunidade. Entre os principais projetos está a intensificação de campanhas educativas no sentido de aproximar ainda mais a comunidade das instituições responsáveis pela segurança pública, criação de mídias sociais para mobilizar os moradores, parceria com uma empresa de segurança eletrônica para implantação do projeto Vigilância Colaborativa e melhoria da qualidade e implementação da iluminação pública. “A polícia precisa da ajuda da comunidade para prestar um serviço ainda melhor, assim como a comunidade deve se mobilizar em prol da sua própria segurança”, comentou Victor.

A solenidade contou com a presença do presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado de Sergipe (Feconseg-SE), Ailton Figueirôa, que enfatizou a importância do conselho. “Hoje estamos testemunhando um momento fundamental para a comunidade da Jabotiana, tendo em vista que se trata de uma região de grande extensão territorial e em constante crescimento da violência. O papel do Conselho de Segurança é auxiliar no combate e prevenção desse problema, seja apoiando as ações da Polícia, seja na solução de questões de ordem estrutural que acabam aumentando a sensação de insegurança”, explicou.

Já o professor Antônio Vanderlei, morador da região há 25 anos, destacou a necessidade da implantação do Conselho de Segurança. “É importante que tenhamos um conselho atuante e atento à questão da violência que, por ser generalizada, também atinge o nosso bairro”.

A nova gestão do Conselho de Segurança da Jabotiana assume o mandato até 2020.

10 de janeiro de 2019|Ações Sociais, Destaque, Notícias|