Getam recupera primeiro aparelho por meio do Alerta Celular

Em menos de um mês, a ferramenta disponível no Portal do Usuário já havia alcançado mais de 3 mil cadastros

O Grupamento Especial Tático de Motos (Getam), por volta das 16h30 dessa terça-feira, 20, recuperou um aparelho que estava cadastrado no Alerta Celular, sistema lançado no dia 24 de outubro deste ano. Em menos de um mês, a ferramenta disponível no Portal do Usuário e que permite a rápida comunicação de roubo, furto ou perda de celulares, já havia alcançado mais de três mil aparelhos cadastrados.

O aparelho Motorola, de modelo Moto X4, foi recuperado nas imediações do Terminal de Integração da Rodoviária Nova pela guarnição comandada pelo cabo Franco. Em uma abordagem feita a um adolescente, de 16 anos, foi encontrado o celular que possuía restrição de furto ou roubo através do Alerta Celular.

O adolescente e o celular foram encaminhados à Deplan Norte (3ª Delegacia Metropolitana), localizada na Av. Maracaju, Bairro Santos Dumont. Em seguida, o menor foi ouvido pela delegada plantonista Marília de Miranda da Costa e o procedimento foi encaminhado para a Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Do lançamento até esta quarta-feira, 21, já foram contabilizados mais de 4 mil usuários, totalizando 3.160 aparelhos celulares cadastrados. O Alerta Celular permite que o usuário faça o cadastro dos códigos que identificam cada aparelho celular (IMEI), de números para contato e a emissão de um alerta em casos de roubo, furto ou perda do celular. Até a divulgação desses dados, a quantidade de alertas emitidos era de 213.

Na utilização do sistema, caso não seja confeccionado o boletim de ocorrência, o alerta perderá a validade após dois dias da comunicação feita por meio do Alerta Celular. Além disso, recomenda-se que, caso o celular comporte mais de um chip, que o usuário realize o cadastro de todos os IMEIs daquele aparelho celular, contribuindo para que a possibilidade de recuperação do bem seja ainda maior.

 

+ Tudo sobre o Alerta Ceular aqui

21 de novembro de 2018|Notícias|