Oficial da PMSE palestra sobre violência doméstica em Propriá

Durante a noite dessa terça-feira, 11, a capitã Fabíola Gois, comandante da Ronda Maria da Penha da Polícia Militar do Estado de Sergipe, discursou no plenário da Câmara Municipal de Propriá sobre o enfrentamento à violência doméstica e familiar.

Em sua fala, a oficial descreveu diversos tipos de violência sofrida pelas mulheres e citou alguns casos ocorridos em Sergipe. Ela ressaltou a importância da denúncia e pediu empatia dos presentes que, caso conheçam alguma forma de violência, ajudem a vítima de todas as formas possíveis.

Aproveitando o ensejo, a capitã explanou sobre a atuação da Ronda Maria da Penha no enfrentamento à violência doméstica e familiar, projeto muito elogiado pelas parlamentares e presentes. Na ocasião, o Presidente da Câmara, Aelson Publicidade, reforçou um pedido já feito pela Câmara, oficializado por meio de uma propositura da vereadora Branca Enfermeira, solicitando a implantação da Ronda Maria da Penha na cidade de Propriá.

“A luta das mulheres é árdua. Nós já conseguimos algumas coisas, a exemplo da Lei Maria da Penha, Lei do Feminicídio. Porém, é muito pouco, ainda há muito que se buscar. Mas tem uma coisa que só depende de cada um de nós, independente que seja homem ou mulher, que é fazer o papel de cidadão e ser humano.  Cabe a gente se unir e orientar as pessoas sobre o que é violência doméstica”, afirmou a deputada estadual, Maisa Mitidieri, presidente de Frente da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe.

Para o presidente da Câmara, o evento foi de grande importância no fortalecimento da luta para trazermos a Ronda Maria da Penha para nosso município. Mais uma parceria entre o Poder Legislativo de Propriá e o 2º Batalhão de Polícia Militar para trazer muitos benefícios para nossos munícipes”, ressaltou Aelson.

Com informações da Câmara Municipal de Propriá 

12 de junho de 2019|Notícias|
Ajustar tamanho da fonte
Contraste