A Polícia Militar, por meio do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), aprendeu, na segunda-feira, 10,  29 aves silvestres no município de Lagarto.

Durante fiscalização de rotina na feira livre de Lagarto, os militares apreenderam 25 aves silvestres expostas para comércio ilegal. Ao perceber a presença policial, os infratores abandonaram as aves e tomaram destino ignorado.

Ainda no município, no povoado Várzea dos Cágados, a guarnição visualizou algumas aves expostas na varanda de uma residência.  Uma mulher de 63 anos apresentou-se como proprietária, mas não possuía autorização dos órgãos competentes para criar os pássaros. 14 aves foram apreendidas no local.

Diante do flagrante de crime ambiental, a infratora assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e irá responder por crime ambiental previsto no artigo 29 da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais).