Pelotão Ambiental autua dono de cão por maus-tratos no Santos Dumont

Na tarde desse domingo, 3, policiais militares do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb) flagraram mais um crime ambiental referente a maus-tratos de animal doméstico, desta vez no Bairro Santos Dumont, Zona Norte da capital.

Por volta das 16 horas, uma equipe foi acionada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp/190) para averiguar a denúncia feita por moradores da Rua Gleide Fonseca de Almeida, no Bairro Santos Dumont, de que um cão estaria sofrendo maus-tratos em uma residencia, já que era possível ouvir o latido do animal constantemente. No local e com a autorização do morador, os policiais adentraram na casa e flagraram um cachorro pequeno, aparentando ter alguns meses de vida, preso à parede numa corrente que também servia como enforcadeira.

Ainda foi constatado pela guarnição que o animal apresentava ferimentos no focinho e nos olhos. Diante da situação, foi explicado ao dono do cachorrinho que o caso se caracterizava em flagrante de crime ambiental, sendo que o mesmo se comprometeu a assinar um termo circunstanciado e responderá no Juizado Especial Criminal de Aracaju, por crime ambiental previsto no artigo 32 da Lei 9.605 (Lei de Crimes Ambientais).