PM divulga estatística das ações atendidas pelo 3º Batalhão na região Agreste

O 3° Batalhão da Polícia Militar do Estado de Sergipe (3° BPM), sediado na cidade de Itabaiana, divulga as ações realizadas no mês de maio. Segundo o levantamento, no período estudado a Unidade recebeu 4.451 acionamentos por meio do telefone 190 para emprego da Corporação, o que representa uma média diária de 148 ligações para o 190.

Como resultado das intervenções policiais por meio das ocorrências e do trabalho ostensivo/preventivo, foram realizadas 6.331 abordagens, que resultaram nos seguintes números: sete apreensões de armas de fogo, com a prisão direta de 13 infratores; recuperação de 33 veículos com restrição de roubo/furto; prisão de 59 infratores em flagrante delito e confecção de 176 Relatórios de Ocorrência Policial (ROPs).

“Com a intensidade do trabalho ostensivo, temos como meta a redução dos índices de criminalidade e preservação da tranquilidade publica na região do Agreste Sergipano. Passados cinco meses do início de 2018, podemos realizar um comparativo de avaliação entre o trabalho que estamos desenvolvendo e aquele que nós mesmos fizemos no ano de 2017, que já representou um avanço significativo em relação a 2016”, afirmou o tenente-coronel Sidney, comandante do 3º BPM.

Ainda segundo o oficial superior, “com a execução dessa estratégia de policiamento que privilegia o emprego das equipes em dias, locais e horários que a análise criminal indica a maior probabilidade de cometimento de delitos, temos cumprido as metas de redução dos índices de criminalidade relativos aos crimes contra o patrimônio e crimes contra a vida. Em relação ao crime de homicídio, em 2018 temos uma redução de aproximadamente 28% na área do 3º BPM, com redução em relação ao ano de 2017 em todas as cidades que compõem a Unidade, incluindo a cidade de Itabaiana, onde a redução é de cerca de 10% em relação a 2017”.

5 de junho de 2018|3º BPM, CPMI|