PM emprega efetivo nas festas carnavalescas da capital e do interior

 

A Polícia Militar de Sergipe, por meio dos Comandos do Policiamento Militar da Capital e do Interior (CPMC/CPMI), já está preparada para garantir a segurança dos foliões que aproveitarão as festas momescas no Estado. Para tanto, no período entre 9 e 14 de fevereiro, parte significativa da tropa será empregada extraordinariamente, frisando que o serviço rotineiro não sofre alterações ou perdas.

Assim, o CPMC, responsável pelo policiamento na capital e na Grande Aracaju, trabalha na segurança de 56 eventos, com o emprego de policiamento motorizado e a pé na maioria destes. No caso do Rasgadinho, na capital sergipana, além destas duas modalidades de atuação, a PMSE também distribui o efetivo em elevados e nas bases móveis espalhadas na arena da festa. O evento conta com guarnições de várias Unidades e Subunidades da Corporação.

As bases móveis são vans novas que estarão em pontos estratégicos no decorrer do Rasgadinho. Cada veículo tem uma câmera, que gera imagens em tempo real para o posto de comando instalado na Praça da Bandeira, no estacionamento da Uniclínica, de onde equipes da PM estão atentas à movimentação, para o rápido acionamento das equipes mais próximas em caso de necessidade.

Ainda no Rasgadinho, a PMSE acompanha os cortejos com caminhonetes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) e do 8º Batalhão de Polícia Comunitária (8º BPCom). O entorno da festa também recebe o trabalho da instituição militar, com viaturas e motocicletas do 8º BPCom, do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) e do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam).
Vale frisar que a festividade tem postos de desarmamento e portões de revista, já que o circuito do Rasgadinho está cercado. Quanto às revistas, estas são de responsabilidade da organização do evento, que distribuiu vários pontos de acesso para o público nas ruas que circundam a Avenida Barão de Maruim, local onde os palcos estão montados.
Além do Rasgadinho, o efetivo do Comando do Policiamento Militar da Capital também trabalha em outros pontos, a exemplo do carnaval da Praia da Caueira, situada no município de Itaporanga D’Ajuda, e de festas nas cidades de Nossa Senhora do Socorro, Barra dos Coqueiros, Laranjeiras, Maruim e Santo Amaro das Brotas.

Interior

No interior do Estado não será diferente, a Corporação está presente nas comemorações mais tradicionais, a exemplo de Pirambu, Neópolis, praias do Abaís e Saco, no município de Estância, além da sede da cidade estanciana. O Comando do Policiamento Militar do Interior também envia tropas para as cidades de Canindé do São Francisco Gararu, Cumbe e outros locais com pequenas festividades.

No interior sergipano, além do efetivo dos Batalhões locais, a PMSE reforça os carnavais com o emprego de homens e mulheres do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac) e Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati).

BPRv

Segundo informações do CPMI, o BPRv, que desenvolverá a tradicional Operação Carnaval nas rodovias sergipanas durante as festas momescas, vem fazendo ações preventivas desde o início desta semana em vários pontos do Estado, com o intuito de orientar os condutores e, por consequência, prevenir ocorrências de grande vulto nas rodovias estaduais.