PM marca presença no seminário “Gênero e Segurança Pública: a Experiência da Ronda Maria da Penha da PMBA”

Oficiais da Polícia Militar de Sergipe participaram do seminário “Gênero e Segurança Pública: a Experiência da Ronda Maria da Penha da PMBA” na tarde da segunda-feira, 28, no auditório da OAB/SE, no Centro da cidade de Aracaju, e acompanharam a palestra da major Denice Santiago, comandante da Ronda Maria da Penha da Polícia Militar do Estado da Bahia.

Durante o evento, realizado pela Rede Nacional de Altos Estudos em Segurança Pública (Renaesp/UFS) e o Laboratório de Estudos sobre Sociedade e Segurança (Lasseg/UFS), em parceria com a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da OAB/SE, a oficial baiana apresentou detalhes do modus operandi da Ronda Maria da Penha da PMBA, mostrando os excelentes resultados obtidos desde a sua criação, em 2015.

Segundo a major, nas áreas cobertas pela Ronda Maria da Penha [Salvador e outros nove municípios baianos] o cumprimento das medidas protetivas voltadas para as mulheres vítimas de violência doméstica é de 100%. Ainda de acordo com a oficial, o projeto deu tão certo na Bahia que já ganhou o reconhecimento e premiações de várias entidades de proteção à mulher locais e nacionais, bem como de órgãos internacionais.

Além dos números alcançados, na oportunidade, também foram apresentados caminhos para a criação de grupos similares em outros Estados da federação. Após a apresentação da palestrante, o público demonstrou grande interesse pelo tema, fazendo questionamentos e gerando uma troca de conhecimentos salutar.

Presenças

Além de integrantes da OAB e UFS, a PMSE se fez presente com o coronel Fábio Rolemberg, comandante do Comando de Policiamento Militar do Interior (CPMI), o tenente-coronel Ferraz, comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap), os capitães Cruz, da PM-6, e Gilmeire, da PM-4, e a tenente Fabíola, da PM-5.

 

 

29 de maio de 2018|CPMC, QCG|