Polícia Militar participa de reunião da CGE para consolidação do Sistema Estadual de Controle Interno

A Polícia Militar de Sergipe participou na manhã desta quarta-feira, 7, no auditório da Adema, do encontro que reuniu órgãos e entidades das Administrações Direta e Indireta do Poder Executivo, para tratar da implantação do Sistema Estadual de Controle Interno, sob responsabilidade da Controladoria-Geral do Estado (CGE).

A iniciativa da CGE visa cumprir o que há 30 anos está fixado na Carta Magna (CF/88), que estabelece o sistema de controle interno em toda administração pública. Tal controle reside em atividades de fiscalização dos atos, acompanhamento de processos, projetos e metas estratégicas, além de fortalecer a cultura de transparência dos atos e prevenção à corrupção.

Na oportunidade, o auxiliar da 6ª Seção do Estado Maior – setor responsável gestão orçamentária – capitão Alysson Cruz, representou a PMSE, apresentando o cronograma de atividades determinado pela CGE, expondo a legislação que norteia a existência da Corporação, bem como seus processos administrativos e operacionais. Durante a explanação, o capitão ainda expôs a todos os presentes a estrutura organizacional da Polícia Militar.

“Estamos nos esforçando para instituir na Corporação a Unidade Setorial de Controle Interno (USCI), que será comandada pelo subchefe do Estado Maior Geral. E um dos resultados dessas reuniões deliberativas sobre o controle interno na estrutura administrativa do Estado foi à adequação do site da PMSE aos princípios da transparência, onde o cidadão pode acompanhar como o dinheiro público é aplicado” afirmou o capitão Cruz.

Além da Polícia Militar, outros 21 órgãos da administração do Estado de Sergipe, que também criariam Unidade Setorial de Controle Interno, realizaram uma breve apresentação do funcionamento de cada uma delas até o momento.

Participaram da reunião, o procurador-geral do Ministério Público Especial de Contas (MPC/SE), João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello, o assessor executivo da CGE, responsável pela implantação do sistema, Antônio Álvaro de Carvalho e o secretário-chefe da CGE, Eliziário Sobral.