Soldado da Polícia Militar que integra a Orquestra Sanfônica de Aracaju recebe homenagem do comandante-geral

Integrante da Polícia Militar do Estado de Sergipe, desde 2014, o soldado Glaubert dos Santos promove a segurança pública, fazendo cumprir a lei e combatendo o crime pelo Batalhão de Polícia Rodoviária. Mas a vocação do militar não para por aí. Destaque nos palcos sergipanos por levar ao público o melhor do autêntico forró, Glaubert do Acordeon, como é conhecido no meio artístico, procura conciliar a profissão com o amor pela sanfona e pelo forró.

O militar demonstrou o seu talento na última quarta-feira (2) no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju, quando emocionou o público presente na solenidade de promoção de oficiais e praças, ao tocar a canção Ave Maria Sertaneja de Luiz Gonzaga, em homenagem ao saudoso capitão Oliveira.

Em reconhecimento aos bons serviços prestados à Polícia Militar, o comandante-geral, coronel Marcony Cabral, recepcionou o soldado e artista no Quartel do Comando, na manhã desta sexta-feira (4). Na oportunidade, Glaubert recebeu um certificado como homenagem por enaltecer o nome da Corporação e valorizar a cultura sergipana. ” Fui surpreendido com essa homenagem que me deixou muito feliz. Esse reconhecimento, me deixa ainda mais honrado em servir à Polícia Militar”, declarou.

Histórico

Glaubert dos Santos Messias, atualmente lotado no Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), apesar da pouca idade, já possui vasta experiência musical. Filho do saudoso sanfoneiro Ismael, Glaubert foi apresentado ao acordeon pelo próprio pai, de quem herdou, não só a veia musical, mas a paixão pelo instrumento.

Ainda criança, com apenas 10 anos, o policial conheceu o teclado, mas, o sangue de forrozeiro pulsou nas veias e o desejo de tocar sanfona veio à tona, conduzindo-o à Escola de Artes Valdice Teles, onde, aos 16 anos, iniciou os estudos de acordeon e Teoria musical. Em 2007, o músico passou a fazer parte da Orquestra Sanfônica de Aracaju. No ano seguinte, Glaubert recebeu o Troféu Sanfona de Ouro pelo destaque como sanfoneiro no São João de 2008.

 

4 de maio de 2018|Destaque, Notícias|