Suspeito de participação na morte de um empresário de Pedrinhas morre em confronto com a PM

Informações preliminares dão conta de que um homem identificado como Anderson Santos, reagiu com disparos de arma de fogo à uma abordagem dos Policiais Militares da Força Tática do 11º Batalhão, que revidaram a agressão. O suspeito foi atingindo e, apesar de socorrido, não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. O fato ocorreu às 17h desta quarta-feira, 25, quando a Força Tática atendia a um pedido de reforço dos Policiais de Boquim, quanto à interceptação de um veículo conduzido pelo suspeito.

Conforme informações prestadas pelo tenente-coronel Alexsandro Ribeiro, comandante do 11º BPM, Anderson agia em bando e, além do homicídio do empresário Jocélio Simões, de 30 anos de idade, ocorrido na terça-feira, 24, durante um assalto em Pedrinhas, ele também era suspeito de envolvimento em diversos outros crimes. Ainda segundo o tenente-coronel, Anderson estava envolvido no roubo a um fazendeiro em Riachão do Dantas, onde a vítima foi baleada, e de lotéricas do interior. Neste último, houve confronto com Policiais da Polícia  Rodoviária Federal, com os quais trocou tiros e acabou baleado, mas sobreviveu.

O  Delegado Marcelo Hercos, que responde pelas Delegacias de Polícia Civil de Boquim e Pedrinhas, já  está no encalço de outros suspeitos e posteriormente divulgará mais detalhes.