Atendendo a uma indicação do deputado estadual Capitão Samuel (PSL), a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), promoveu nessa segunda-feira (06), uma Sessão Especial em Comemoração aos 182 anos da Polícia Militar de Sergipe. Na ocasião a Assembleia Legislativa promoveu a entrega de Placa Comemorativa pelos relevantes serviços realizados em prol da Segurança Pública e da qualidade de vida dos Sergipanos.

O governador Jackson Barreto (PMDB) prestigiou a solenidade, como também os secretários de Estado da Segurança Pública, de Governo e da Comunicação Social, João Batista, Benedito Figueiredo e Sales Neto, respectivamente. Também estavam presentes o presidente da Câmara Municipal de Aracaju, Josenito Vitale (PSD), acompanhado do também vereador Zezinho do Bugio (PTB). Prestigiaram ainda os deputados estaduais Luciano Bispo (PMDB), Maria Mendonça (PP), Luciano Pimentel (PSB), Georgeo Passos (PTC), Garibalde Mendonça (PMDB), Goretti Reis (PMDB), Sílvia Fontes (PDT) e Daniel Fortes (PEN).

O deputado Luciano Bispo destacou a indicação do Capitão Samuel pela homenagem e destacou a importância da instituição Polícia Militar de Sergipe. “Vejo aqui discursos feitos com o coração por homens que amam essa instituição. Que Deus ilumine os nossos policiais, sou amigo de Samuel e sei da sua preocupação com os militares. Está de parabéns”. Por sua vez, Luciano Bispo também destacou o empenho do governador Jackson Barreto em anteder os pleitos da categoria.

“Esta é uma homenagem não apenas do deputado Samuel, mas de toda a Assembleia Legislativa, de todos os parlamentares. Sou amigo e sou leal ao governador, mas não posso deixar de reconhecer seu empenho com os militares. Acho que esta não deve ser uma obrigação apenas do governo federal ou dos governos estaduais. Os municípios também precisam se somar com a questão da Segurança Pública”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, reforçando ainda a necessidade emergencial de uma reforma ampla na legislação. “O problema da violência no Brasil não é a falta de polícia, mas a impunidade que é grande”.

Homenagens

Foram homenageados os Coronéis Marcony Cabral Santos e José Péricles Menezes de Oliveira; o Major José Alcântara dos Santos; os Capitães Dielson Silva Araújo e Evangelina de Deus Santos; os Tenentes Manoel César dos Santos e Eraldo Oliveira de Almeida; além dos Sargentos Meriele Santos de Freitas, Cleverton Pereira de Oliveira, Sandro Soares Oliveira, Noéliton Francisco dos Santos, Rufino de Souza Neto, Antônio Carlos Bezerra e Diógenes Nunes dos Santos.

Informações: Agência de Notícias Alese

Última atualização em 6 de março de 2017 às 09:38:36.