A Polícia Militar de Sergipe, através do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), divulgou, na manhã desta quarta-feira, 03, os resultados estatísticos inerentes às ações da unidade operacional durante o mês de maio. No período em questão, a tropa realizou 2.654 abordagens a pessoas e 863 vistorias em veículos, entre ônibus coletivo, carros, táxis, motocicletas, motonetas e bicicletas.

Nas mais diversas atuações operacionais na capital e região metropolitana, o Choque cumpriu 12 ordens de serviços em campo de futebol, uma intervenção em rebelião no Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), duas reintegrações de posse e cinco operações policiais. No desenvolvimento das ações de policiamento ostensivo de choque, o Batalhão encaminhou 15 ocorrências às delegacias de polícia, culminando nas apreensões de duas armas de fogo, cinco prisões por roubo, quatro por furto, duas recapturas de foragido da Justiça e dois veículos recuperados.

A Tropa de Choque tem intensificado o policiamento ostensivo tático motorizado, bloqueios e patrulhas a pé em recobrimento ao policiamento das cidades de Laranjeiras, nos povoados Mussuca e Quitalé, e Aracaju, no bairro Santa Maria e adjacências, em apoio ao 1º e 5º Batalhões de Polícia Comunitária, seguindo as diretrizes do Comando de Policiamento Militar da Capital (CPMC). Semanalmente, o Choque elabora um plano de operações visando o recobrimento das áreas, a fim de reduzir o índice de criminalidade.

O comandante do BPChq, tenente coronel Carlos Rolemberg, salienta que maio foi um mês positivo para o Batalhão. “A Tropa de Choque tem aumentado mensalmente suas ações no policiamento ostensivo nas diversas missões, demonstrando a importância desta unidade operacional no cenário da Segurança Pública do Estado de Sergipe. O resultado é fruto do trabalho cotidiano e do comprometimento de seus oficiais e praças em melhorar a segurança do concidadão, aos quais são reputados a excelência do trabalho policial”, enfatizou.

Última atualização em 3 de junho de 2015 às 03:58:54.