Nesta quarta-feira, 23, o comandante-geral da Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE), coronel Marcony Cabral, participou do encerramento da Campanha Natal Solidário do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), ocorrido na Escola de Gestão Penitenciária (Egesp), localizada no Bairro América, em Aracaju.  Várias famílias assistidas pelo projeto social A Escola Vai ao Batalhão de Choque foram beneficiadas com mais de meia tonelada de alimentos.

A manhã foi marcada com um clima de muita solidariedade. Na ocasião, várias famílias de Aracaju, atendidas pelo projeto A Escola Vai ao Batalhão de Choque, foram representadas pelos participantes e serão contempladas com mais de meia tonelada de donativos. Ontem, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência contemplou também várias famílias do município de Aquidabã, no Médio Sertão de Sergipano, com várias cestas básicas e brinquedos.

Durante cinco semanas, a ação social do Proerd mobilizou a Corporação no intuito de proporcionar um Natal especial para famílias em vulnerabilidade alimentar do nosso estado. Graças à população sergipana, mais de uma tonelada de alimentos não perecíveis foram angariados no período.

O coronel Marcony Cabral fez questão de participar do encerramento, e ressaltou que o momento foi muito satisfatório, pois estar ao lado de dois projetos sociais da PMSE, o Proerd e A Escola Vai ao Batalhão de Choque, representados respectivamente pela major Littig e pelo sargento Elvio, nesta quase véspera de Natal, é um motivo de orgulho.

“Esses projetos fazem parte da previsão primária da PMSE. Eles fazem a diferença na sociedade sergipana, não no policiamento ostensivo diretamente, mas tirando do mau caminho pessoas que poderiam ter o seu caminho desviado. Quero mais uma vez desejar a todas as famílias, aqui representadas, um ótimo Natal e que 2021 seja um ano melhor para todos. Tivemos um ano muito difícil, mas os nossos projetos não pararam, eles se reinventaram para poder continuar atuando nessa linha de frente e ajudar as pessoas. É com muito orgulho que estamos no comando da Instituição, sabendo que temos pessoas abnegadas ao nosso lado e que a fazem a diferença na sociedade. Feliz Natal a todos e que continue abençoando a Polícia Militar de Sergipe”, explanou o comandante-geral.

Para a coordenadora do Proerd em Sergipe, major Adriana Littig, o projeto foi um sucesso. “Hoje, com as doações de algumas empresas e da população, estamos doando mais de meia tonelada para as famílias assistidas pelo projeto A escola Vai ao Batalhão de Choque. É um momento de muita alegria poder participar de mais uma ação. Quero agradecer a todos os doadores e a equipe pelo empenho, bem como ao coronel Marcony Cabral pelo brilhante apoio”, enfatizou a major.

O idealizador do projeto A Escola Vai ao Batalhão de Choque, sargento Elvio, destacou que a parceria entre os projetos sociais da Polícia Militar de Sergipe é de extrema importância, uma vez que contempla as pessoas mais humildes. “Esse momento é muito importante, pois podemos garantir a ceia natalina de várias famílias, como também ajudar para que elas passem, com mais leveza, por esse momento tão difícil em que vivemos”, frisou o sargento.

 

 

Última atualização em 23 de dezembro de 2020 às 04:06:45.