O comandante-geral da Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE) participou do evento de assinatura do Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) entre o Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) e o Governo do Estado de Sergipe que permitirá o pagamento dos subsídios aos policiais militares reformados. O evento ocorreu na manhã desta sexta-feira, 23, na sala de reuniões da Corte de Contas, em Aracaju.

O TAG busca sanar irregularidades na aplicação da Lei Complementar 310/2018, que criou vantagens para os policiais militares inativos e pensionistas, em descumprimento à Lei de Responsabilidade.

Na oportunidade, o comandante-geral, coronel Marcony Cabral, agradeceu ao governador do estado e a Corte do Tribunal pelo empenho na resolução dessa questão.

O coronel Marcony também agradeceu aos representantes das associações envolvidas nas negociações pela confiança depositada. “Em nome da PM, da Procuradoria, do Tribunal de Contas e do Governo do Estado, que esse ato é um reconhecimento ao que nós somos hoje. Nós somos a Polícia Militar que todos construíram, então, em nome disso, que todos sejam felizes e muito obrigado”, destacou.

Assinaram o Termo o procurador-geral do Estado, Vinícius Soares de Oliveira, representante do governador Belivaldo Chagas e, representando o TCE/SE, o conselheiro Carlos Alberto Sobral de Souza. Também participaram da assinatura do TAG o procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), João Augusto Bandeira de Mello e o secretário Estadual da Fazenda, Marco Antônio.

Com informações da Ascom TCE/SE

Última atualização em 23 de agosto de 2019 às 06:59:41.