O comando do 7º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Sergipe (7º BPM) divulga os números das ações empregadas na região do município de Lagarto e seus entornos, nos primeiros quatro meses deste ano, com o apoio de outros órgãos de segurança locais e dos municípios vizinhos.

Nessa segunda-feira, 8, Lagarto completou 30 dias sem registrar um homicídio na localidade, pois o último homicídio registrado em Lagarto foi no dia 8 de abril deste ano. De acordo com o comandante do 7º BPM, o tenente-coronel Kleberson Pinheiro, os números também se estendem aos municípios de Simão Dias e Riachão do Dantas, componentes do Batalhão.

Além disso, no comparativo com o mesmo período do ano passado, houve redução de 35% no número de homicídios na cidade lagartense. “O primeiro quadrimestre de 2017 foi o melhor dos últimos cinco anos”, destacou o comandante Kleberson. Para o tenente-coronel, a junção de forças e as ações preventivas são os principais fatores para o sucesso dos números apresentados. “As ações conjuntas da PM, PC e Guarda Municipal têm contribuído para melhorar os índices de violência no município. Sem contar nas operações preventivas realizadas pela PM de Lagarto”, evidenciou o militar.

O comandante também destacou, como positivas, as apreensões de armas de fogo e branca, e drogas, realizadas pela polícia, bem como os veículos recuperados em 2017 pelo 7º BPM. De acordo com os dados, em Lagarto foram apreendidas 16 armas de fogo, 50 munições, sete armas brancas, 40 veículos recuperados, 21 veículos apreendidos, 165 Relatórios de Ocorrência Policial e 157 autos de infração confeccionados, 65 pessoas presas e 16 operações extraordinárias realizadas. Também foram apreendidos 22 quilos e 43 pedras de crack, 26 cápsulas de cocaína e dois papelotes de maconha.

Já em Simão Dias, foram recuperados 10 veículos, uma arma de fogo, uma arma branca e 31 ROPs confeccionados, além de oito pessoas presas, 26 autos de infração preenchidos e quatro veículos apreendidos. No período avaliado, registrou-se a recaptura de um foragido, um homicídio, a apreensão de sete papelotes de maconha e a realização de uma operação extraordinária.

Em Riachão do Dantas, foram apreendidas cinco munições, uma arma de fogo e uma arma branca, além de um veículo recuperado, 10 ROPs confeccionados, 13 pessoas presas, dois veículos apreendidos, três operações extraordinárias realizadas e nenhum homicídio e apreensão de drogas.

Riachão do Dantas foi destaque nos primeiros meses de 2017, por não registrar nenhum homicídio no município. Lagarto registrou 13 homicídios e Simão Dias somente um.

Última atualização em 9 de maio de 2017 às 11:59:41.