A 9ª edição do Almoço com Negócios da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE) teve como palestrante o comandante-geral da Polícia Militar de Sergipe, o coronel Maurício Iunes, que debateu com associados e convidados as problemáticas da Segurança Pública no Estado.

Compuseram a mesa, além do presidente Alexandre Porto, o palestrante, o secretário do Desenvolvimento Econômico, Saumíneo Nascimento, o presidente do Sebrae, Lauro Vasconcelos, o presidente do Sindicato das Empresas de Vigilância Privada, Marco Aurélio Pinheiro, o presidente da CDL, Samuel Schuster, o superintendente da Caixa, Anacleto Grosbelli.

Durante a explanação, o coronel Maurício Iunes relatou que o problema não é a falta de segurança, mas sim, a falha que existe em outros setores e a forma da sociedade entender o ciclo da Segurança Pública: “De 2009 a 2013 prendemos 23 mil pessoas, dessas, 5 mil estão no sistema prisional, onde estão os 18 mil que passaram por lá? Se a sociedade não entender o ciclo da Segurança Pública, elas vão continuar colocando a culpa apenas em um único lado”, apontou Iunes.

O coronel ainda fez crítica aos dados divulgados pelo Anuário da Segurança Pública 2014 do Ministério da Justiça, que colocam Sergipe como o 4º colocado no ranking em números de homicídios do Brasil. “O Anuário possui falhas na coleta. Não vai adiantar levar dados para a população porque causa um efeito negativo. Ou se muda a legislação e a mentalidade das pessoas, ou vamos sofrer ainda mais”, afirmou Iunes.

Para o presidente da ACESE, Alexandre Porto, o bate papo com o comandante geral e responsável pela segurança do Estado, representa uma aproximação dos agentes da segurança com a realidade pela qual passa a sociedade: “A vinda do coronel Iunes aqui no almoço dos empresários foi uma forma de mostrar para a sociedade que a Instituição Polícia Militar é parceira e está ao lado do cidadão”, afirmou Porto.

Fonte: Assessoria de Comunicação da ACESE

Última atualização em 14 de novembro de 2014 às 08:20:31.