Além de atuar na segurança do evento, polícia ofertará serviços e informações em estande próprio durante a programação

As forças de segurança do Governo de Sergipe estarão presentes na segunda edição do Sealba Show, considerado um dos maiores eventos do segmento de agronegócio no estado. A programação, que acontecerá em Itabaiana, no agreste sergipano, entre os dias 1º e 4 de fevereiro, contará com um estande da Delegacia Especializada de Combate a Crimes Rurais e Abigeatos. Também estarão presentes unidades do Comando do Policiamento Militar do Interior (CPMI), responsáveis pela segurança do evento.

A presença das forças de segurança na feira é fruto da articulação entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e a Secretaria de Estado da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), incluindo a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro). O Sealba Show 2023 é promovido pela Federação da Agricultura do Estado de Sergipe (Faese).v

Entre as unidades do Comando de Policiamento do Interior que farão a segurança do evento estarão o 3º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Itabaiana; o Grupamento Especial Tático de Motos (Getam); a Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac) e o Grupamento Tático Aéreo (GTA). De acordo com o comandante do CPMI, tenente-coronel Sidney Barbosa, a corporação fará o patrulhamento das imediações desde a fase de montagem da feira até o final da programação.

“Vamos aumentar o quantitativo em relação à edição passada, em que não registramos nenhuma ocorrência. O Sealba é um evento vitrine, que congrega equipamentos, maquinários, expositores e visitantes de todo o Brasil. É uma programação que tem grande potencial de geração de negócios e de trazer bons investimentos para o estado, atraindo empregos. A gente quer que isso aconteça, que Sergipe se sedimente como um destino de negócios, e, por isso, a corporação vai atuar para que tudo corra bem”, afirmou o comandante.

Estande

De acordo com o delegado Fernando Melo, que chefia a Delegacia de Combate a Crimes Rurais, o estande tem o objetivo de estabelecer uma proximidade entre polícia e produtores. “Nossos policiais estarão de plantão durante todo o evento, assim como fizemos na edição do ano passado. Vamos disponibilizar o serviço de registro de boletim de ocorrência e todas as informações necessárias, inclusive com a distribuição de cartilhas”, informou.

A Delegacia Especializada de Combate a Crimes Rurais e Abigeatos foi implantada há pouco mais de um ano, tempo em que foi verificada uma redução superior a 70% nos casos de roubos e furtos de gado. Além destas ocorrências, algumas das demandas mais atendidas pela unidade estão relacionadas à repressão ao contrabando e distribuição ilegal de agrotóxicos e ao abate clandestino.

Fonte: Ascom/SSP

Última atualização em 19 de janeiro de 2023 às 11:31:32.