O Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati) completa 10 anos de existência nesta quarta-feira, 05, com uma solenidade de entrega de medalhas e homenagens a policiais militares e personalidades civis. O evento foi realizado no auditório do Centro de Criatividade, em Aracaju.

A unidade foi criada em 05 de junho de 2009, pelo então comandante-geral, coronel José Carlos Pedroso Assumpção, completando 10 anos com sucesso, atuando em ocorrências de grande vulto no interior do estado.

Durante a solenidade, o comandante-geral da Polícia Militar foi representado pelo tenente-coronel George da Silva Melo, comandante do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) o qual  concedeu aos militares medalhas por tempo de serviço de 10 e 20 anos em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à sociedade sergipana.

O major Thiago Machado Costa, comandante do grupo ressaltou a importância da data. “O Gati é uma tropa de recobrimento, subordinada diretamente ao comandante-geral da PMSE e atua em todos os municípios do estado com a missão de reforçar o policiamento e combate a grandes organizações criminosas, o próprio policiamento ostensivo e o choque ligeiro. Aproveito a oportunidade para agradecera a todos os participantes, todos os ex-comandantes e todos que já passaram e deram sua participação nesses 10 anos de história e principalmente agradecer a tropa, que é a responsável por todo sucesso das ações do Gati, no combate ao crime e para proporcionar o bem o bem-estar da sociedade sergipana.” Falou o oficial.

Última atualização em 6 de junho de 2019 às 07:57:22.