Na última sexta-feira, 12, a coordenadora estadual do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), major Adriana Littig, e o cabo Thiago Santos, mentor e instrutor Proerd, participaram de uma reunião com membros do Centro de Treinamento Proerd da Brigada Militar do Rio Grande do Sul. O encontro serviu para tratar sobre a atualização do “Currículo Caindo na Real” para a versão híbrida.

Nesse período de adaptações nas metodologias de ensino, o Proerd tem acompanhado essa transição. Em âmbito estadual, foi ofertado à comunidade, ainda em 2020, o projeto Bate-papo Proerd, dentro das limitações impostas pela filosofia proerdiana.

A novidade esse ano é a versão híbrida da aplicação Proerd, intitulada “Conexão Proerd”. Essa versão foi desenvolvida em nível nacional, e em conformidade com as normas estabelecidas pela Câmara Técnica do Proerd. Com ela, o programa será aplicado na íntegra, com as 10 lições online.

Para que isso ocorra, o policial instrutor precisa passar por uma atualização técnica. A equipe de policiais instrutores da PMSE será capacitada pela Brigada Militar do Rio Grande do Sul, no dia 18 de março, quinta-feira, de forma remota. De acordo com a coordenadora estadual, todos os esforços têm sido feitos para atender da melhor maneira possível a comunidade escolar. “Estamos nos preparando à nova realidade do ensino híbrido e atentos a todos os protocolos e orientações das autoridades constituídas”, frisou a oficial.

Em breve, o Proerd Sergipe divulgará as orientações para que as escolas solicitem o novo modelo do programa.

Última atualização em 16 de março de 2021 às 04:46:09.