Com a finalidade de promover o bem-estar da tropa, a Polícia Militar do Estado de Sergipe reestruturou o serviço de assistência prestado pelo Núcleo de Atenção Psicossocial (NAPSS). O setor é responsável pela promoção da saúde mental na PMSE, e atua com foco na prevenção do adoecimento dos servidores policiais militares, de forma a torná-los menos vulneráveis ao sofrimento sócio psicopatológico, advindos das possíveis pressões e riscos constantes, inerentes à natureza das suas funções.

Segundo a subtenente Eliane, assistente social e coordenadora da Unidade, para o bom andamento dos atendimentos, uma equipe multidisciplinar com quatro psicólogos, dois assistentes sociais, três auxiliares administrativos e dois motoristas atendem na unidade, localizada na Secretaria de Saúde do Estado, além dos atendimentos em domicílio que acontecem sempre que o militar não possui condições de comparecer ao Núcleo.

“Os atendimentos individuais e grupais são agendados diariamente, porém, para aquelas pessoas que não podem se deslocar até o Núcleo, disponibilizamos uma equipe para o atendimento domiciliar, por meio de agendamento prévio”, explicou a coordenadora.

Ainda de acordo com a assistente social, o NAPSS também é responsável por receber as demandas encaminhadas pelos comandantes das unidades, que solicitam orientações de como conduzir determinadas situações sofridas por seus subordinados. “Trabalhamos de forma ininterrupta para tentar atender a todos os encaminhamentos que recebemos. Assim, auxiliamos os casos que necessitam diretamente dos profissionais dos NAPSS e encaminhamos os que precisam de atendimento especializado, como urgência psiquiátrica, por exemplo”, frisou a coordenadora.

Para o tenente-coronel Jorge Cirilo, comandante do Batalhão de Policiamento Turístico, o NAPSS é um porto seguro para os militares e é lá que os comandantes sabem que terão assistência para seus subordinados. “O Núcleo de Atenção Psicossocial da Polícia Militar é uma unidade de importância imensurável para a Corporação. Hoje vivenciamos uma pandemia que, aliada a jornada de trabalho e ao estresse, compromete a saúde mental de todos. Por isso, é importante que todos os comandantes de unidades tenham ciência desse serviço, para que, aquele policial que venha apresentar algum problema que afete a sua saúde mental, seja encaminhado ao serviço para restabelecer sua saúde mental”, disse o comandante.

Tanto os policiais militares como seus dependentes são atendidos pela equipe do NAPSS que está sempre disposta a prestar o apoio necessário para que o paciente restabeleça sua saúde mental. Para Catarina, filha de um militar falecido, o apoio recebido foi de fundamental importância.

“Vim aqui em busca de uma ajuda, pois meu pai, que era militar, faleceu a pouco tempo. E eu estou aqui sendo bem acolhida pelos psicólogos, assistentes sociais, que estão me tratando bem. O atendimento aqui é maravilhoso. Sinto que estou evoluindo e o apoio está me ajudando bastante desde que cheguei aqui”, afirmou a paciente.

Durante visita à sede do NAPSS, o comandante-geral comentou sobre a importância de cuidar da saúde mental do militar, que passa pelo cuidado da saúde individual como também pelo bem-estar da sua família. “Precisamos cuidar do nosso companheiro, não só pensando no curativo como no preventivo. Sou muito grato a toda essa equipe que cuida com profissionalismo e humanidade de toda família policial militar”, finalizou o comandante.

Desde que o Núcleo foi reativado, em março de 2020, o NAPSS já realizou mais de 1.700 atendimentos e agora, com a mudança para o novo endereço, há uma comodidade ainda maior para a prestação dos serviços. A corporação reforça que o Núcleo está localizado na Avenida Rio de Janeiro e que o militar que necessitar de atendimento deve fazer contato pelos canais:
Telefones funcionais: (79) 99191-3995 (79) 99191-3896
Coordenação do NAPSS: (79) 99191-4622
E-mail funcional NAPSS: napss.pmse@pm.se.gov.br

Última atualização em 19 de novembro de 2021 às 11:33:13.