A Polícia Militar de Sergipe lamenta com profundo pesar o falecimento do escrivão da Polícia Civil Ariovaldo Matos da Silva, de 66 anos. Ele estava internado para realizar um tratamento de câncer no pâncreas, mas infelizmente não resistiu e foi a óbito na madrugada desta quinta-feira, 30.

O profissional era um dos escrivães mais antigos da PC, tendo iniciado suas funções em 1981. Ariovaldo trabalhava na 1ª Delegacia Metropolitana (1ª DM), em Aracaju.

Ao tempo em que se coloca à disposição, nesse momento de dor e tristeza, a PMSE presta sua solidariedade e pede a Deus que dê conforto à família e amigos para que possam enfrentar com serenidade essa imensurável perda.  

Última atualização em 30 de setembro de 2021 às 09:44:24.