Ao total, mais de 560 policiais e bombeiros estarão atuando de forma efetiva para garantir a segurança nos festejos juninos

 A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe (SSP) apresentou na manhã desta quinta-feira, 22, o Plano de Segurança integrado que garantirá a segurança dos cidadãos nos festejos juninos distribuídos em todo o Estado. Durante o período festivo, policiais militares, bombeiros e policiais civis estarão empregados em regime de serviço extraordinário, atuando no horário de folga, com o intuito de reforçar o trabalho das unidades empregadas no serviço cotidiano.

Para este ano, as ações serão mais restritas por conta da redução de eventos públicos realizados em Sergipe. Caberá à Polícia Militar o maior efetivo, quando distribuirá os quase 230 alunos de soldado que ainda se encontram no Curso de Formação para estagiar nos principais eventos, somando esforços com os policiais militares que receberão a Retribuição Financeira Transitória pelo Exercício de Atividade Extraordinária (Retae).

O comandante geral da Polícia Militar de Sergipe, Coronel Marcony Cabral, esclareceu que o planejamento realizado para as festividades vem sendo desenvolvido desde o início do mês. “Iniciamos oficialmente o trabalho dos festejos juninos com a grande operação a nível de fronteiras e repetimos essa operação no dia de ontem. Temos uma expectativa de terminar o mês com o clima de tranquilidade, que vem se tornando característico. Mais de 5.000 policiais estão envolvidos, todas as localidades terão a presença da PM, aqueles eventos que já foram realizados ocorreram com muita tranquilidade e os que virão, estão prontos e planejados para que possamos repetir esse êxito e atuar de forma a garantir a tranquilidade da população. Em Aracaju especificamente, o foco será a orla de Atalaia, nós estaremos prontos para atender não apenas os nossos irmãos sergipanos, mas também os turistas, os donos de hotéis e os funcionários, para que todos possam ter um festejo com tranquilidade”, adiantou o coronel que afirmou que o policiamento no período junino está assegurado.

Ainda segundo o coronel, o investimento do Governo do Estado foi o impulso necessário para a melhor harmonização das força policiais. “Serão 256 policiais dia, efetivo extraordinário atuando na orla e é importante frizar que o investimento que o Governo do Estado fez ao convocar 230 novos policiais militares no início de janeiro já está surtindo efeito. Esses novos policiais estão há 6 meses recebendo treinamento teórico e prático, e neste mês as aulas teóricas estão suspensas, para que eles possam por meio do estágio colocar em prática tudo o que aprenderam e sedimentando o seu conhecimento mas principalmente, contribuindo para a segurança dos sergipanos” acrescentou.

O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) estará presente dando apoio as festividades realizando um trabalho de prevenção de incêndios e acidentes, intensificando as fiscalizações e vistorias nos estabelecimentos comerciais e nos locais de evento, para averiguar se as normas de segurança, como saídas de emergência, extintores prontos para uso e estrutura das festas, estão sendo cumpridas.

De acordo com o Diretor Adjunto de Operações do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Miguel Pereira, em todo o Estado um total de 304 bombeiros estarão de prontidão para servir a população e assegurar que toda a estrutura disponível para as celebrações estejam aptas a receber os participantes dos eventos. “Garantiremos a prevenção para qualquer caso de necessidade, estamos prontos para atuarmos e vamos garantir que este São João ocorra de forma tranquila. Nossas equipes estão realizando  vistorias, fora as que já foram realizadas em barracas e estruturas, para que juntamente com o apoio da Polícia Militar este seja um período junino ainda mais seguro para todos os que irão aproveitar as festas” assegurou.

As equipes da Polícia Civil seguirão o mesmo planejamento realizado na Operação São João de Paz, deflagrada no dia 30 de maio deste ano. O foco da operação, assim como na primeira, será coibir a entrada de drogas e armas de fogo no estado durante os festejos. Tanto os pontos de atuação quanto as equipes que atuarão durante a operação serão os mesmos empregados há 15 dias. O delegado geral em exercício, Jonathas Evangelista, esclareceu que as equipes escaladas estarão prontas para o atendimento a população. “O Secretário de Segurança João Eloy determinou que todos os pedidos de organização de escalas extras para atendimento de festejos juninos fossem atendidos. Desta forma, a Delegacia Geral juntamente com a Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (CopciI) e Delegacias de Polícia Civil na capital (Copcal) organizaram escalas extras de plantão para atendimento aqui em Aracaju e nas cidades do interior onde ocorrerá festa. Aracaju com o reforço da Delegacia Especial de Turismo (Detur) e da 4ª Delegacia Metropolitana atenderão os festejos da Orla de Atalaia, a 3ª Delegacia Metropolitana ficará responsável para atendimento das ocorrências da zona norte. No interior do estado, as unidades da Polícia Civil serão reforçadas, fizemos uma reunião com o Secretário onde houve uma determinação de trabalho integrado especialmente para atendimento ao público, estamos prontos para esse período com as delegacias abertas e equipes reforçadas”, garantiu o delegado.

Fonte Ascom SSP

 

 

Última atualização em 23 de junho de 2017 às 09:22:14.