A Polícia Militar de Sergipe, por meio do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), flagrou, no último domingo, 10, mais um ponto onde funcionava uma rinha de galo, no conjunto Jardim, no município de Nossa Senhora do Socorro, região metropolitana de Aracaju.

Por volta da 19h, a guarnição comandada pelo sargento Serra foi acionada para checar a denúncia de moradores do conjunto Jardim sobre a presença de dezenas de pessoas em uma residência na rua das Orquídeas, reunidas para promover a disputas entre galos, com apostas em dinheiro.

O Pelotão Ambiental solicitou o apoio da viatura Gavião 02, que atua na área, e as equipes se deslocaram à residência, flagrando dezenas de pessoas aos fundos da casa, assistindo a um embate entre galos. No local, havia toda a estrutura para a realização de torneiros de rinha galo, como gaiolas de alvenaria para abrigar animais e arena também de alvenaria.

“Identificamos os proprietários dos animais que se digladiavam, bem como o responsável pelos torneios, os quais assinaram termo circunstanciado de ocorrência e responderão criminalmente pelos artigos 29 e 32 da Lei 9.605 (Lei de Crimes Ambientais)”, salientou o sargento Serra.

Em uma revista mais detalhada, os militares conseguiram apreender, ainda, quatro pássaros silvestres. Na rinha, foram ainda apreendidos objetos usados nos torneios, a exemplo de buchas, biqueiras, esparadrapo e relógio para cronometrar o tempo das disputas.

Última atualização em 11 de janeiro de 2016 às 06:17:46.