A Polícia Militar do Estado de Sergipe, por meio do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), flagrou na terça-feira, 06, crime ambiental em Pacatuba, cidade do litoral Norte sergipano.

Em ação conjunta com Ministério Público Federal (MPF), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e Corpo de Bombeiros, o PPAmb flagrou atividade irregular de carcinicultura (criação de camarão em viveiro) no município de Pacatuba.

Após denúncias de destruição de Área de Proteção Permanente (APP) para instalação de tanques de criação de camarão, a equipe se dirigiu ao Povoado Garatuba, onde flagrou uma retroescavadeira construindo um dique para a captação de água, consequentemente devastando uma área de vegetação de mangue.

Chegando ao local, o grupo solicitou aos dois indivíduos o licenciamento ambiental para explorar a área, constatando que eles não tinham a documentação que autorizava a ampliação do negócio e estavam descumprindo os critérios estabelecidos pela Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema).

Diante do flagrante, os equipamentos utilizados foram apreendidos e os homens assinaram um termo circunstanciado por crime ambiental previsto no artigo 60 da Lei 9.605 (Lei de Crimes Ambientais).

Última atualização em 7 de junho de 2017 às 02:45:08.