Nesse domingo, 9, o Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb) em fiscalização de rotina no local conhecido como Feira das Trocas, que funciona próximo à ponte de acesso ao conjunto João Alves, flagrou dois indivíduos em posse irregular de pássaros silvestres.

Na abordagem, a polícia ambiental conseguiu deter os dois homens que disseram frequentar o local há bastante tempo com a intenção de trocar e vender pássaros silvestres. Como não apresentaram autorização dos órgãos ambientais, eles tiveram as aves apreendidas e assinaram os Termos Circunstanciados. Posteriormente, responderão pelo crime ambiental previsto na Lei 9.605/98.

Rinha de galo

Ainda no domingo, a policia ambiental foi acionada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) para averiguar à denúncia de que no povoado Sobrado, em Socorro, dezenas de pessoas estariam participando de um torneio de rinha de galo. Ao notarem a presença dos policiais, os frequentadores fugiram do local com as aves; porém, a equipe do PPAmb apurou que um senhor de 67 anos de idade respondia como proprietário do local onde funcionava a rinha e cobrava o valor de R$ 20,00 por participante. Em seguida os policiais apreenderam nove galos, além de materiais como esporas, tesouras, biqueiras, balança e um relógio utilizado para cronometrar o tempo de luta entre os animais.

Como se trata de um crime de menor potencial ofensivo, o proprietário da rinha de galo assinou um Termo Circunstanciado e responderá por crime ambiental.

Última atualização em 10 de julho de 2017 às 10:15:30.