A Polícia Militar de Sergipe, através do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), flagrou na manhã dessa terça-feira, 10, o desmate e queima de Mata Atlântica em áreas de preservação permanente situadas no município de Santo Amaro das Brotas, distante 36 quilômetros da capital sergipana.

A ação ocorreu por volta das 11h, quando a equipe Arara, sob o comando do sargento Cristo, realizava a fiscalização de rotina na região, alvo constante de invasões de áreas de vegetação nativa, algumas delas de preservação permanente, por conta da proximidade da capital e pela especulação imobiliária.

Ao transitar pela SE 240, próximo ao Povoado Angelin, em Santo Amaro das Brotas, os militares flagraram três homens numa espécie de acampamento promovendo o desmate e a queimada da Mata Atlântica.

No local, a guarnição identificou algumas espécies, como pau-pombo, massaranduba e aroeira, já cortadas. Além do crime de desmatamento, os homens promoveram a queimada no local, também tipificado como crime ambiental, pois impede a regeneração da mata.

Na abordagem, os homens informaram aos militares que apenas estavam fazendo o desmate a mando de outro indivíduo que, segundo eles, é um dos líderes da invasão. Os três homens foram presos em flagrante e conduzidos à Delegacia de Santo Amaro das Brotas, onde vão responder por crime ambiental previsto no artigo 38 da Lei de Crimes Ambientais.

 

 

 

 

Última atualização em 11 de março de 2015 às 10:30:31.