No último domingo, 23, policiais do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb) flagraram o crime ambiental referente à destruição de Área de Preservação Permanente, no conjunto Orlando Dantas, zona sul de Aracaju.

Segundo informações da equipe Arara 01, a denúncia de crime ambiental partiu dos moradores da rua D5, que observaram parte do mangue da região sendo aterrado por uma máquina retroescavadeira. Em seguida, os policiais se dirigiram até o local e constataram que se tratava de uma Área de Preservação Permanente, constituída por um pequeno brejo e rodeada pela vegetação do mangue. No momento do flagrante os policiais disseram que foi possível observar a destruição de grande parte da vegetação, bem como a escavação de um pequeno tanque.

Os denunciados não apresentaram autorização dos órgãos ambientais, necessária por se tratar de Área de Preservação Permanente, e, além de terem a retroescavadeira apreendida, responderão pelos artigos 50 e 60 da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais).

 

Última atualização em 25 de julho de 2017 às 10:20:04.