A Polícia Militar de Sergipe, através do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), flagrou na manhã dessa terça-feira, 13, uma extração ilegal de areia feita por três indivíduos, em um assentamento situado no município de General Maynard, distante 45 quilômetros da capital sergipana.

O crime ambiental foi registrado por volta das 11h, quando a guarnição do PPAmb, composta pelo sargento Daniel, cabo Rubens e soldado Almeida, ao se dirigir para a cidade de Carmópolis a fim de fiscalizar concessão de uso de água pela Superintendência de Recursos Hídricos, flagrou no assentamento “Fábio Dória”, em General Maynard, três homens extraindo o minério.

Na abordagem, os militares solicitaram a autorização do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e a Licença Ambiental da Administração Estadual do Meio-Ambiente ADEMA, explicando que a ausência desses documentos se configura em crime ambiental. Os infratores relataram desconhecer a autorização, alegando que o terreno seria particular, sendo-lhes explicado posteriormente que segundo o Código Florestal, aquela área não poderia ser explorada por ser formadas por morros, tratando-se assim de área de preservação permanente (APP).

O material apreendido, um caminhão e alguns instrumentos, foram deixados na Delegacia de Rosário do Catete e os envolvidos conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Aracaju, já que qualquer recurso mineral pertence à União e os crimes deste tipo são de apuração da Polícia Federal.

Última atualização em 14 de janeiro de 2015 às 11:34:15.