A Polícia Militar, por meio do Pelotão Ambiental, flagrou ocorrência de extração de calcário no povoado Quissamã, município de Nossa Senhora do Socorro. A ação aconteceu no domingo, 24, por volta das 10h, quando uma guarnição composta pelo sargento Andrade, soldados H. Oliveira e Michele realizava patrulhamento de rotina na região e observou a situação em uma propriedade particular.

Os policiais encontraram no local dois caminhões tipo caçamba carregados com pedra calcário e aproximadamente 12 indivíduos trabalhando na extração do minério. O grupo utilizava alavancas e ponteiras de material artesanal para facilitar na extração.

Outra equipe policial, composta pelo cabo Givonaldo, cabo Galdêncio, soldados Wildy e Feijó, foi deslocada para apoiar o atendimento à ocorrência. Na abordagem, a PM foi informada pelos infratores que a jazida de calcário funcionava há muito tempo e que pertencia a um morador da cidade de Lagarto, que inclusive esteve no local e informou não ter autorização para funcionamento da jazida.

“Explicamos ao responsável que para realizar a atividade seria necessário requerer as licenças prévia, de instalação e de operação, além de autorização do Departamento Nacional de Extração Mineral (DNPM). Notamos que pelo tempo da jazida e pela quantidade de material extraído, o dano ambiental causado é bastante significativo”, comentou o cabo Givonaldo.

O caso foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal, a quem compete apurar crime ambiental referente à exploração de minério, tendo em vista que recursos naturais do subsolo pertencem à União.

 

Última atualização em 26 de maio de 2015 às 11:30:05.