rinhaMais um caso de maus tratos a animais foi atendido pelo Pelotão Ambiental da Polícia Militar de Sergipe (PPAmb). Por volta das 16h do último domingo, 25, a guarnição foi acionada via Ciosp para checar uma denúncia de moradores do Loteamento Paraíso do Sul, no bairro Santa Maria, sobre o funcionamento de uma rinha de galo com a presença de dezenas de pessoas no local.

Com apoio das equipes Pastor Comando, do Batalhão de Choque, e Leão 11, do Batalhão de Radiopatrulha, os militares constataram centenas de pessoas no local, tendo a maioria se evadido na chegada das guarnições. Na propriedade, os militares encontraram uma grande estrutura com gaiolas de alvenaria, onde os animais aguardam para os embates, além de três arenas para as disputas, caixas de som amplificadas e dezenas de veículos.

Na abordagem, a guarnição identificou o proprietário do local, que afirmou que promovia o torneio para vender bebida e não assumiu a propriedade dos galos. Como o infrator se recusou a assinar um termo circunstanciado de ocorrência, o mesmo foi conduzido à Delegacia Plantonista, juntamente com quatro galos que se digladiavam quando a guarnição chegou.

Apreensão de pássaros – Ainda pela manhã, a mesma equipe do PPAmb, em fiscalização de rotina na feira das trocas do bairro Lamarão, flagrou um homem de 49 anos em posse de três aves silvestres. Como o indivíduo não apresentou licença para manter aves sob sua posse, acabou detido e liberado no local após assinatura do termo circunstanciado, pelo qual responderá no Juizado Especial Criminal com base no artigo 29, da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais).

As ocorrências foram atendidas pela guarnição composta pelo sargento Oliveira, soldados Wanderley, Michele e Cristiano.

Última atualização em 27 de setembro de 2016 às 01:17:34.