O comando da Polícia Militar do Estado de Sergipe lamenta a morte do cabo Sátiro, ocorrida na manhã deste sábado, 26, nas dependências da UTI do Hospital Cirurgia, na capital sergipana, após complicações geradas por um AVC.

O policial, que atuava no Centro de Treinamento Operacional da PMSE (CTO), passou por Unidades como o Esquadrão de Polícia Montada (EPMon) e o Batalhão de Polícia de Choque (BPChq). Nesta última, ganhou a simpatia e o reconhecimento dos colegas, pelo profissionalismo com que se dedicou à farda rajada.

Velório e sepultamento

Segundo informações da família, o velório ocorre no Cemitério Colina da Saudade, onde o corpo será sepultado às 10h do domingo, 27. O cabo Sátiro Reis Silva de Santana, de 48 anos, era natural da cidade de Boquim, estava na Corporação desde outubro de 1994 e deixa esposa.

Última atualização em 27 de agosto de 2017 às 07:04:28.