A Polícia Militar do Estado de Sergipe, por meio do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), promoveu no domingo, 26, uma Trilha Solidária no Parque dos Falcões, durante a Operação Sergipe Mais Seguro, no município de Itabaiana, distante 56 quilômetros da capital.

Além das tradicionais abordagens e rondas ostensivas em bairros e praças da cidade de Itabaiana, o Grupamento Especial Tático de Motos do 3º BPM (Getam/ 3º BPM) promoveu a segurança do evento denominado Trilha Solidária, que visou apoiar as ações desenvolvidas no Parque dos Falcoes e contou com a participação de aproximadamente 500 pessoas.

Parque dos Falcões

A aproximadamente 45 Km de Aracaju, localizado aos pés da Serra de Itabaiana-SE, o Parque dos Falcões foi construído por meio do trabalho e esforço de dois sonhadores, José Percílio e Alexandre Correia.

Alexandre tornou-se “cúmplice” de Percílio no ano de 1999, mas a história do Instituto começou ainda na infância do fundador. Aos sete anos, Percílio ganhou um ovo de Carcará (Caracara plancus) e, depois de 28 dias, sendo chocado por uma galinha, nasceu Tito, seu primeiro grande amigo. Hoje, Tito tem 27 anos e reside no Instituto, com mais de 300 aves, entre gaviões, falcões, corujas, socós-boi, pombos etc.

Já conhecido por muitos turistas, estudantes, biólogos e pesquisadores brasileiros e estrangeiros, o Instituto é um dos poucos locais do país com autorização do Ibama, para a criação dessas aves em cativeiro. Com o objetivo de proteger as espécies de aves de rapina que habitam o céu brasileiro, o Parque dos Falcões tornou-se uma referência mundial no manejo, reprodução e reabilitação desses animais, acumulando um grande conhecimento sobre o seu comportamento.

Com informações do site do Parque dos Falcões

Última atualização em 29 de novembro de 2017 às 12:59:39.