Em decorrência do Dia Nacional de Combate à Sífilis, que ocorreu no sábado, 18, a Secretaria de Estado da Saúde preparou uma programação especial para dar maior visibilidade ao problema da Sífilis em Sergipe. A principal ação será de incentivar, principalmente, junto aos homens, o diagnóstico precoce da doença e divulgar as informações sobre a participação do parceiro das gestantes no pré-natal.

Com a mensagem ‘O HOMEM PODE ESTAR COM SÍFILIS E NÃO SABER – PROTEJA SUA FAMÍLIA, RAPAZ! Faça o exame de Sífilis antes que a doença apareça em você ou que seja descoberta na sua parceira ou até no seu futuro filho’, a campanha será levada à população masculina em seus locais de trabalho. Uma das populações escolhidas foi a dos militares.

Uma importante parceria foi realizada através da Secretaria de Estado da Saúde e do Comando da Polícia Militar, resultando na ida da Unidade Móvel ‘Fique Sabendo’ para o Quartel do Comando Geral da PM na quarta-feira, 22, das 8h às 12h, e na sede do Batalhão de Choque, na sexta-feira, 24, onde os militares poderão fazer o teste rápido para triagem da sífilis. Será disponibilizado também o teste rápido para diagnóstico do HIV. Serão distribuídos folhetos informativos e preservativos masculinos e femininos, bem como o gel lubrificante.

É importante lembrar que a sífilis é uma doença infecciosa e pode ser transmitida por relação sexual sem camisinha com alguém infectado; sangue infectado ou pela mãe infectada para o bebê durante a gestação ou parto.

Na maioria das pessoas, a sífilis é assintomática e, somente é descoberta, através de exame de sangue. A grande consequência da Sífilis é o surgimento da Sífilis congênita, que acomete crianças filhas de pais com sífilis. Muitos homens apresentam a bactéria da sífilis e não sabem. Terminam infectando suas parceiras sexuais.

Informações: Almir Santana – 9982-8641/8824-8140

Fonte: Ascom SES

Última atualização em 20 de outubro de 2014 às 10:16:35.