A Polícia Militar de Sergipe, por meio da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac), iniciou na manhã dessa quarta-feira, 30, na sede do 4º Batalhão, na cidade de Canindé de São Francisco, o X Curso de Operações Policiais em Área de Caatinga ( X Copac).

O curso, que teve início com 50 policiais militares (44 sergipanos, dois baianos, dois mineiros, um alagoano e um cearense), tem como objetivo capacitar os participantes em Operações Rurais de alta complexidade no ambiente de caatinga, que é um dos biomas mais inóspitos do país. Os candidatos foram selecionados após uma criteriosa Inspeção de Saúde realizada pela Junta Médica do Hospital da Polícia Militar (HPM) e um rigoroso Teste de Aptidão Física.

Durante os próximos 10 dias, os futuros Guerreiros de Caatinga serão submetidos a intensas instruções das seguintes disciplinas: Orientação e Navegação, Busca e Salvamento, Tiro Policial, Marchas na Caatinga, Operações Ribeirinhas, Primeiros Socorros, Ofidismo, Combate Rural, Patrulhas na Caatinga e Técnicas de Sobrevivência, entre outras.

Desistentes

Segundo a coordenação do curso, composta por instrutores e monitores formados em edições anteriores dos cursos da Ciopac, até o final desta tarde, dos 50 policiais militares que iniciaram os treinamentos, 15 já tinham desistido do Copac.

Última atualização em 1 de dezembro de 2022 às 03:56:17.