Na tarde desta quinta-feira, 20, a Polícia Militar do Estado de Sergipe, iniciou a ‘Operação Tiradentes’, com o objetivo de diminuir a violência e os índices de criminalidade na capital e no interior. Um efetivo constituído de 600 policiais, inclusive, as unidades especializadas e a Força Nacional, se apresentou no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), onde recebeu instruções dos oficiais. A força-tarefa será realizada até às 10h da sexta-feira (21).

Na oportunidade, o comandante do Policiamento Militar da Capital, tenente-coronel Vivaldy Cabral, explicou que esse conjunto de ações envolvendo a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, é realizado simultaneamente, em todos os estados da federação. Disse ainda, que a decisão partiu do Conselho Nacional dos Comandantes-Gerais, com o objetivo de demonstrar o papel das Polícias Militares de todo o país, em relação à manutenção da ordem pública.

Cada estado, ficou responsável por elaborar a sua estratégia de segurança. Em Sergipe, a Operação Tiradentes pretende dar maior visibilidade ao policiamento ostensivo, além das ações mais específicas como, prisão de criminosos, cumprimento de mandados de busca e apreensão de drogas e armas. Os bairros com maior índice de criminalidade, terão o policiamento intensificado durante a operação.

Última atualização em 20 de abril de 2017 às 10:18:41.