Na tarde desta segunda-feira, 28, a Polícia Militar do Estado de Sergipe participou de uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Areia Branca, onde esclareceu sobre os principais pontos do projeto de instalação do Centro de Treinamento Operacional (CTO), com sede no município.

O porta-voz da Polícia Militar, major Marco Carvalho, ocupou o plenário da Casa, para expor a situação para o público e os vereadores presentes. Na oportunidade, ele explicou como o Centro de Treinamento está sendo construído por meio de uma parceria entre o Serviço Social da Indústria (Sesi) e a Associação dos Magistrados de Sergipe (Amase), com investimentos em torno de 2 milhões de reais. De acordo com o major Marco Carvalho, a obra contará com um Complexo de Instrução e Treinamento, um estande de tiro, além de um espaço esportivo contendo uma piscina semiolímpica, pista de atletismo, auditório e campo de futebol. O porta-voz enalteceu a importância da parceria entre a Polícia Militar e a comunidade de Areia Branca e deixou claro que todos serão beneficiados com a estrutura do Complexo Desportivo.

O major informou, também, que a área onde funciona o Centro de Treinamento Operacional foi doada pelo Sesi, em regime de comodato e, diferentemente do que foi especulado por um dos vereadores, o terreno não era público, e sim, um local privado, como atesta o documento apresentado pelo representante da PM.

No final da sessão, os vereadores agradeceram à Polícia Militar pelos esclarecimentos e se mostraram convencidos dos benefícios que o projeto trará para a sociedade de Areia Branca.

Última atualização em 29 de novembro de 2017 às 12:17:05.