Os armamentos permitem o uso de munição não letal e também aumentam a segurança dos policiais

Na manhã desta sexta-feira, 14, o Comandante-geral, coronel Marcony Cabral, assinou documento que incorpora à carga de material bélico da Corporação, 100 novas espingardas calibre 12, da marca Benelli Armi S.P.A, que permitem o uso de munição não letal e possuem um sistema híbrido – semiautomático e pump -, e os acessórios do armamento. O material foi adquirido pelo governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e representa um incremento significativo para a atuação da Polícia Militar no enfrentamento às demandas criminais de Sergipe.

Além do investimento do governo do Estado, no último ano, a Corporação investiu muito na renovação do material utilizado pelos policiais militares. Somente no ano de 2020, entre investimentos governamentais e da PM, foram mais de três milhões e meio aplicados na aquisição de equipamentos para a tropa.

“Com a incorporação desse armamento à nossa tropa, os policiais militares vão estar munidos do que há de mais moderno nesse estilo de material bélico. Alguns policiais fizeram treinamento com instrutores da fabricante Benelli, e estão habilitados para usar a espingarda, bem como disseminar o conteúdo do curso com demais membros da Corporação, tanto na capital como no interior do Estado”, afirmou o Comandante.

De acordo com as especificações técnicas, a espingarda Benelli calibre 12, de modelo M3-A1, é uma arma de combate disponível no mercado com modo de operação de uso dual, de repetição e semiautomática na mesma arma, que possibilita o uso de munições não letais e de alta performance, nos modelos 3T, SG e Balote. A espingarda M3-A1 é a única espingarda de modo dual disponível no mundo, juntando uma espingarda de ação no sistema pump e semiautomática no mesmo sistema de armas.

Com a aquisição do novo armamento, a Polícia Militar não precisará manter duas espingardas diferentes em seu arsenal, trazendo uma grande economicidade para o Estado de Sergipe e mais segurança no uso por parte dos policiais.

Dessa forma, a renovação do material utilizado pelos policiais militares que atuam tanto na capital quanto no interior sergipano vem se intensificando a cada ano. Dentre as unidades que receberão os equipamentos estão unidades especializadas e Batalhões de área, subordinadas ao Comando de Policiamento Militar da Capital (CPMC) e ao Comando de Policiamento Militar do Interior (CPMI).

“Importante ressaltar nosso agradecimento ao Secretário de Segurança Pública, João Eloy, que, por meio da diretora da Asplan, Alessandra Fabiana, foram imprescindíveis para que essa ação se concretizasse. Com esse avanço, nossos militares estão cada vez mais capacitados e munidos de equipamentos adequados à sua proteção e à missão de manutenção da ordem pública em nosso Estado”, finalizou o coronel Marcony.

Com informações da ASCOM SSP

Última atualização em 14 de maio de 2021 às 03:56:25.