Na manhã desta sexta-feira, 18, o Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Sergipe recebeu o comandante do Grupamento Especial Tático de Motos, major J. Luiz, em seu gabinete para acertar os últimos detalhes do III Curso Especial Tático em Ações com Motocicleta (CETAM), que iniciará  na próxima segunda-feira, 21, e terá duração de dois meses.

“A especialização das unidade é uma das principais diretrizes do Comando, capacitar tecnicamente nossos policiais para que eles possam prestar um serviço cada vez melhor, pra sociedade. E o mais importante, é que os próprios militares trabalhem com segurança, já que o patrulhamento com motos deixa os condutores muito vulneráveis, expostos, e nossa preocupação é que eles obtenham cada vez mais técnica, e assim, trabalhem de forma mais segura pra eles”, afirmou coronel Marcony Cabral, comandante da PMSE.

Devido ao alto nível de qualidade do curso, o cetam é procurado também por profissionais de outras corporações, como é o exemplo do Amapá que enviou três policiais, e a PRF que inscreveu dois policiais para fazer o Cetam.

Segundo o comandante de PMSE, uma das metas do comando é fazer do Getam um centro de treinamento em policiamento com motocicleta. “Pretendemos elevar o Getam de companhia a Batalhão, e transformá-lo em um grande centro de aperfeiçoamento e especialização em motopatrulhamento, e possamos expandir para o interior do Estado. E essa é uma das diretrizes do Governador Belivaldo Chagas, interiorizar o Getam”, concluiu o comandante.

O Cetam é a porta de entrada para os policiais que pretendem trabalhar no Getam, é através dele que o militar se transforma em um verdadeiro “Cavaleiro de Aço”. Durante o curso que cada intregante aprende as técnicas necessárias para desenvolver o trabalho de motopatrulhamento de forma técnica e segura.

“Os policiais geralmente andam em velocidade muito acima do permitido para a população comum, passa por obstáculos também bastante difíceis e deve ter esse preparo. Um dos objetivos do Cetam é a padronização de todas as unidades do interior, já que pretendemos interiorizar o Getam, e transformar todos os integrantes em Cavaleiros de Aço”, declarou o major J. Luiz.

 

Última atualização em 19 de março de 2022 às 12:37:49.