Na madrugada de terça-feira, 4, militares da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac) perseguiram assaltantes que roubaram um posto de combustíveis em Nossa Senhora da Glória e recuperaram o veículo de um funcionário, que foi subtraído para realizar mais delitos pela região do Sertão sergipano.

Por volta de 1h20, os policiais foram informados de que num posto de combustíveis, próximo ao hospital de Glória, houve uma ocorrência de  roubo. Um frentista disse que estava em seu horário de trabalho, quando três indivíduos encapuzados e armados chegaram de repente pedindo o dinheiro da renda do turno. O funcionário tinha cerca de R$300,00 em caixa e entregou aos assaltantes.

Os ladrões ainda levaram a quantia de R$694,75, que estava no escritório do posto; dois telefones celulares e o carro do frentista, o Celta, de cor cinza e  placas IAH-8632. Imediatamente, guarnições da 3ª Companhia do 4º Batalhão de Polícia Militar (3ª Cia/4º BPM) fizeram buscas na região e nos municípios vizinhos, quando, no Povoado Santa Rosa do Ermírio, em Poço Redondo, as equipes da 3ª Companhia, juntamente com militares da Caatinga, foram informados por populares que os mesmos assaltantes teriam realizado outro roubo na Rodovia SE-230, próximo a uma casa de doces.

Os criminosos roubaram outro veículo, um Gol, de cor cinza e placas OEN-5572, de forma violenta, dando disparos para cima, com o intuito de amedrontar o condutor. O dono do carro e os ocupantes tiveram seus telefones roubados. Logo em seguida, a equipe foi informada que os suspeitos foram interceptados no município de Poço Redondo, onde trocaram tiros com os policiais. Os ladrões abandonaram o Celta do funcionário do posto numa área rural e fugiram para uma mata fechada.

Foi feita uma busca na área até o amanhecer, mas os PMs não conseguiram encontrar homens. O Celta ficou bastante avariado, mas foi devolvido ao dono, com alguns pertences das vítimas e parte do dinheiro roubado. O outro carro, o Gol cinza, também foi abandonado com muitas avarias e precisou ser rebocado até a Delegacia Regional de Glória, para os devidos procedimentos.

Última atualização em 5 de dezembro de 2017 às 02:40:55.