Na noite dessa quinta-feira, 29, policiais militares da equipe Tática de Lagarto interceptaram quatro homens que compunham uma quadrilha que atuava em roubo de celulares naquele município.

A guarnição do Tático estava em patrulhamento de rotina quando foi informada que algumas vítimas de assalto a mão armada estavam no batalhão da cidade prestando queixas. As vítimas disseram que foram assaltadas por quatro homens e que pelo menos dois deles estavam armados em um veículo HB 20 de cor branca com placa modelo Mercosul e película escura.

Após receberem as informações, os policiais avistaram um veículo com as mesmas características, então, de imediato, a guarnição acompanhou o veículo e solicitou a parada por meio de alertas sonoros, entretanto os envolvidos empreenderam fuga. Mais adiante seguiram por uma estrada de terra, momento em que os acusados efetuaram disparos em direção a guarnição que de pronto revidaram.

O disparo policial atingiu o pneu do veículo dos suspeitos que após certa distância veio a colidir em uma cerca. Nesse instante os homens voltaram abrir fogo novamente contra a guarnição que revidou a injusta agressão. Todos os integrantes foram rendidos e no veículo foi encontrado um revolver de calibre .32 sem numeração com seis munições, sendo três deflagradas, além de oito celulares.

O motorista, gravemente ferido, foi conduzido ao hospital universitário de Lagarto, ainda em vida, mas veio a óbito após o atendimento inicial. Os outros suspeitos, com ferimentos aparentemente mais leves, aguardaram no local o atendimento da Samu. Um deles precisou ser hospitalizado e ficou custodiado para posterior apresentação na delegacia.

Um dos envolvidos afirmou que descartara uma das armas de fogo no meio do percurso, outras guarnições fizeram diligências a fim de encontrar esse armamento, mas sem êxito.

Três vítimas foram encontradas e tiveram seus aparelhos devolvidos. Os outros dois suspeitos, agressos do sistema prisional por assalto, foram conduzidos à delegacia plantonista de Itabaiana para a tomada de medidas cabíveis. O veículo custodiado pertencia a mãe de um dos suspeitos.

Última atualização em 2 de maio de 2021 às 09:53:54.