O Presídio Militar do Estado de Sergipe (Presmil), por meio de seu Setor Psicossocial, realizou, no último domingo, 22, um evento em homenagem às mães e esposas dos internos, durante a visita familiar na Unidade Prisional. Na oportunidade, foi realizado um momento ecumênico que contou com a participação de igrejas evangélicas e com a Capelania Católica da PMSE, seguido de uma confraternização na qual as mães presentes foram homenageadas pelos filhos e esposos que se encontram em regime de cumprimento de pena.

De acordo com o tenente-coronel Eliziel, a atividade tem cunho assistencial e encontra ressonância no artigo 10 da Lei de Execução Penal, que afirma que assistência ao preso é dever do Estado e objetiva prevenir o crime e orientar o retorno à convivência em sociedade. A ação também minimiza os efeitos da pena no seio da família, já que a Constituição Federal preconiza que a pena não passará da pessoa do ofendido (artigo 5º, XLVI).

O evento também contou com o apoio da Associação dos Oficiais Militares de Sergipe (Assomise), da Associação de Cabos e Soldados e do Deputado Estadual Capitão Samuel, além do engajamento voluntário de religiosos civis e de soldados e praças da Corporação.

Última atualização em 23 de maio de 2016 às 08:13:56.