O Projeto Pé Na Estrada, desenvolvido pelo Comando da Polícia Militar de Sergipe, por meio da 4ª Seção do Estado Maior, retomou suas atividades nessa quinta-feira (26) com o apoio técnico e administrativo ao 2° BPM, sediado no município de Propriá, na região do Baixo São Francisco.

As ações de assistências técnica, administrativa e médica tiveram início em 2018, sob a orientação do comandante-geral da Corporação, coronel Marcony Cabral, e já percorreram batalhões e companhias do interior e da capital. Nesse período foram realizadas 17 edições do projeto, interrompidas por conta das medidas de restrições impostas pela pandemia do coronavírus, e retomadas recentemente por meio de ações realizadas no 2º BPM, em Propriá.

“Reiniciamos os trabalhos do Projeto Pé na Estrada por essa importante unidade que atua na região do Baixo São Francisco, disponibilizando o nosso Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), que, além de renovar boa parte dos computadores com aparelhos de última geração, realizou a revisão de todo o sistema de informática do batalhão. Além disso, tivemos o apoio da equipe de infraestrutura, que revisou as instalações elétricas, substituiu lâmpadas e trocou materiais danificados. Seguindo a mesma linha das edições passadas, também trouxemos atendimento médico para a tropa, realizado pelos profissionais do quadro de saúde do Hospital da Polícia Militar (HPM)”, explicou o chefe da 4ª Seção, setor responsável pela logística e infraestrutura de materiais e serviços da PMSE, coronel Carlos Rolemberg.

Em meio às ações do projeto, os policiais militares lotados na unidade tiveram a oportunidade de renovar suas munições, desde as cauteladas pelos profissionais, até as que ficam à disposição para serem usadas pelas equipes de serviço, a exemplo dos fuzis, submetralhadoras e carabinas.

“Estamos felizes em retomar um projeto que é imprescindível para a corporação, tendo em vista a necessidade de melhorar cada vez mais o apoio logístico e contribuir para que os nossos policiais militares possam desenvolver os seus trabalhos da melhor forma possível. Como resultado, a sociedade sergipana, em especial a do Baixo São Francisco, terá um batalhão da Polícia Militar com condições de oferecer segurança pública de qualidade para a população de Propriá e região”, complementou.

A 18º edição do Projeto Pé na Estrada contou com a supervisão do comandante do Policiamento Militar do Interior, coronel Fábio Rolemberg, que comentou sobre a importância da manutenção constante do ambiente de trabalho e, principalmente, o cuidado com a saúde dos policiais militares. “Ações como essa contribuem para que os policiais se sintam cada vez mais valorizados. Por isso, eu agradeço ao comandante-geral da corporação, coronel Marcony Cabral, e ao chefe da 4ª Seção do Estado Maior, coronel Carlos Rolemberg, pelos esforços para dar o melhor aos nossos policiais militares que estão nas ruas defendendo o cidadão nos 75 municípios sergipanos”, concluiu.

 

Última atualização em 27 de agosto de 2021 às 05:26:17.