Ao menos 47 prefeituras aderiram à solicitação feita pela SSP

Com o objetivo de tornar mais célere o processo de imunização dos servidores das forças de segurança pública de Sergipe, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) se antecipou e solicitou o apoio às prefeituras municipais para que a vacinação também ocorresse no âmbito dos municípios, além da capital Aracaju. O secretário João Eloy de Menezes encaminhou ofício nº 544/2021, de 6 de abril, aos prefeitos e, em ao menos, 47 já foi iniciada a imunização ou já há a perspectiva de vacinação dos profissionais da segurança pública de Sergipe.

De acordo com o levantamento feito pela SSP, as cidades de Propriá, Pirambu, Itabaiana, Tobias Barreto, Frei Paulo, Pedra Mole, Muribeca, Siriri, São Domingos, Riachão do Dantas, Indiaroba, Lagarto, Capela, Nossa Senhora do Socorro, Gararu, Cedro de São João, Campo do Brito, Cristinápolis, Itabaianinha, Salgado, Aracaju, Nossa Senhora da Glória, Poço Verde, Porto da Folha, Ribeirópolis, São Miguel do Aleixo, Areia Branca e Cumbe já iniciaram a imunização de policiais civis e militares.

As cidades de Canindé de São Francisco, Feira Nova, Santa Rosa de Lima, Malhador também já iniciaram a imunização dos profissionais de segurança pública. O município de Telha iniciou nesta quarta-feira, 14, a vacinação contra a Covid-19 das forças de segurança pública. Amparo do São Francisco e Brejo Grande agendaram a imunização para o dia 16 de abril.  A cidade de Santana de São Francisco informou que irá começar a vacinação.

As cidades de Umbaúba, Moita Bonita, Japaratuba e Japoatã sinalizaram que a imunização ocorrerá na próxima remessa de doses. Os municípios de Boquim, Macambira, São Cristóvão e Riachuelo começaram a vacinação e policiais militares já foram imunizados. As cidades de Divina Pastora, Barra dos Coqueiros e Malhada dos Bois responderam e indicaram que aguardam a lista de servidores para dar início à imunização.

A imunização teve início na capital no dia 6 de abril e é fruto da mobilização das instituições junto ao Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) e ao Ministério da Saúde para a vacinação dos profissionais da segurança pública, que atuam na linha de frente das ações de enfrentamento à Covid-19 e que também estão, diuturnamente, nas vias públicas para a garantia do direito à segurança da população, atuando no combate aos crimes contra a vida e contra o patrimônio.

O secretário da segurança pública João Eloy de Menezes reafirmou a importância da imunização dos profissionais das forças de segurança pública diante do agravamento do número de casos da Covid-19 e a necessidade de garantia da segurança da população. “Desde o início da pandemia, nossos servidores não pararam um instante sequer. Nossas forças policiais continuam nas ruas, fazendo rondas, abordagens, cumprindo mandados e apreendendo materiais ilícitos. Todas essas situações expõem nossos servidores ao risco da Covid-19”, assinalou.

 

Fonte: Ascom/SSP.

Última atualização em 15 de abril de 2021 às 10:30:32.