Operação visou cumprir mandados de prisão por crimes de homicídios na zona de expansão
 A Polícia Civil de Sergipe, por meio do Departamento de Homicícios e Proteção à Pessoa (DHPP), em parceria com a Força Nacional, realizou na manhã desta sexta-feira, 02, a prisão de três indivíduos acusados pelo homicídio que vitimou Neilson Evangelista dos Santos, 34 anos, ocorrido no dia 21 de novembro de 2016, em uma localidade conhecida como “Malvinas”, zona de expansão de Aracaju.

A ação faz parte de uma operação desencadeada pelo DHPP ao longo da semana, visando o cumprimento de mandados de prisão relacionados a crimes de homicídios ocorridos na zona de expansão de Aracaju. Ao total, 14 pessoas foram presas.

De acordo com a diretora do DHPP, delegada Thereza Simony, as investigações iniciaram no intuito de descobrir a motivação dos homicídios que estavam ocorrendo na região do Mosqueiro e na área das Malvinas (proximidades do bairro Aeroporto). A partir dos primeiros levantamentos, ficou constatada a existência de dois grupos rivais existentes nas duas áreas que disputavam o controle do tráfico de drogas e territorial. “Após detectarmos esse cenário, formamos uma força-tarefa no sentido de investigar a atuação dos dois grupos e a relação deles frente aos homicídios que ocorriam nas duas localidades”, explicou Thereza Simony.

Logo, as equipes da 1ª Divisão do DHPP, coordenados pelo delegado Kássio Viana, assumiram a investigação que apurava o homicídio praticado contra José Maurício, ocorrido em setembro de 2016. No decorrer, ficou constatado que a vítima, pertencente ao grupo que controlava a área do Mosqueiro, foi morta por três indivíduos da facção rival. De posse dessas informações, foi representada a prisão trio, que teve mandado cumprido na última quarta-feira, 31, na região das Malvinas.

No mesmo dia, a equipe da diretoria do DHPP, coordenada pela delegada Thereza Simony, efetuou a prisão de seis indivíduos, acusados pelo assassinato de Elicio Nascimento Santos, 22 anos, ocorrido no dia 11 de abril deste ano. De acordo com a diretora do DHPP, “o jovem pertencia ao grupo rival dos autores (da região do Mosqueiro) e a motivação estaria atrelada à disputa territorial”, ressaltou.

Operação da FN nesta sexta

Em continuidade aos trabalhos de investigação de homicídios ocorridos na região, policiais da Força Nacional, em parceria com agentes do DHPP, realizaram na manhã desta sexta-feira, 02, a prisão de dois indivíduos em cumprimento a mandados de prisão pelo homicídio que vitimou Neilson Evangelista dos Santos, 34 anos, ocorrido em novembro de 2016. São eles: Flávio Alves dos Santos, mais conhecido como “Vaquinha”; Vinícius César Ferreira Bastos, vulgo “Playboy”.

“No momento da prisão, Flávio tentou fugir, mas acabou sendo contido. Com ele foram apreendidos drogas, cadernos com anotações do tráfico, além de materiais utilizados para a comercialização da droga. Já Vinícius foi preso e com ele apreendido o carro utilizado no dia do crime”, ressaltou o delegado da Força Nacional, Robert Alencar.

Ainda durante a operação, também foi preso Thales Miguel dos Santos, conhecido como “Tatá”, em cumprimento ao mandado de prisão pelos crimes de tentativa de homicídio e roubo.

Em São Cristóvão

Em continuidade às ações do DHPP, equipes da 5ª Divisão, coordenados pelo delegado Ítalo Almeida, realizaram a prisão de Willamis dos Santos Xavier e Vagner Barreto Oliveira. A dupla é acusada pelo homicídio que vitimou o adolescente Bruno Manoel Santos Silva, 16 anos, ocorrido no Povoado Rita Cassete, em São Cristóvão, no dia 28 de abril deste ano.

 

Fonte: Ascom/SSP

 

Última atualização em 2 de junho de 2017 às 09:04:09.