Muitos tentaram ser caveira, mas poucos alcançaram esta suada conquista. Um destes é o cabo Everton Vinícius Santos Costa, de 33 anos, que integra a Polícia Militar do Estado de Sergipe há mais de 11 e recentemente concluiu o Curso de Operações Especiais (Coesp) promovido pela Polícia Militar do Estado de Alagoas, por meio do seu Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

O policial militar e mais 41 alunos dos Estados de Alagoas, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Acre, Tocantins e Ceará iniciaram o curso em 15 de junho e, depois de 116 dias de instruções e atividades, apenas 13 completaram. Dentre estes, o cabo Vinícius, único integrante da PMSE a concluir o Curso de Operações Especiais nos últimos nove anos.

No Coesp, os alunos tiveram instruções em Alagoas, na Caatinga de Pernambuco e em cidades da Bahia – Lençóis e Salvador. Nestes locais, dentre tantas atividades, os discentes passaram pelos módulos de montanhas, antibombas, paraquedismo, ações táticas verticais e entrada tática, sobrevivência, mergulho e explosivos, com instrutores das polícias de cada Estado que acolheu o curso, bem como do Paraná, Rio Grande do Norte e Mato Grosso.

Currículo

Além do Curso de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar de Alagoas, o cabo Vinícius tem o Curso de Operações Policiais em Área de Caatinga da PMSE, passou 13 Meses servindo à Força Nacional, no Batalhão de Pronta Resposta, trabalhou por seis anos na Companhia de Operações Especiais da PMSE (Coe) e atua há dois anos no Batalhão de Polícia de Choque (BPChq).

O militar, que é graduado em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), é casado com a soldado Elaine, também integrante da PMSE, e encara com orgulho a condição de novo caveira da Corporação. “Graças a Deus, consegui. Sou o único policial militar da história de Sergipe a ter o Curso de Ações Táticas Especiais e o Curso de Operações Especiais. Não há palavras para descrever a sensação de representar o meu Estado e concluir o Coesp, um curso tão difícil, ainda mais porque já tinha 10 anos que nenhum policial de Sergipe conseguia concluir. O último policial foi o cabo J. Souza, em Brasília, no final de 2007”.

Coesp

O Coesp alagoano está em sua segunda edição e é um curso de excelência para as Operações Especiais, com instruções que colocam os discentes em situações extremas, para melhorar o condicionamento físico e qualificá-los em diversas áreas, com situações que porventura venham a surgir no dia a dia operacional. O concludente do Coesp está habilitado a atuar em qualquer área, seja na terra, no mar, no ar, na Caatinga ou na montanha.

Formatura

A formatura do Coesp acontece às 16h da sexta-feira, 20, na sede do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), em Maceió. Durante o evento, os 13 concludentes receberão os brevês do curso, além de premiações.

Com informações do site da PMAL

 

 

 

Última atualização em 19 de outubro de 2017 às 12:50:43.