Ações de fiscalização realizadas na manhã desta quarta-feira, 12, por policiais militares da Companhia Fazendária e auditores da Secretaria da Fazenda (Sefaz) resultaram na apreensão de 13 cargas com irregularidades nas notas fiscais, no interior do estado.

Na primeira abordagem, efetuada no Povoado Pedra Branca, em Laranjeiras, as equipes flagraram três caminhões transportando mercadorias com notas fiscais inidôneas. As cargas foram retidas e conduzidas à Central de Comandos de Nossa Senhora Socorro, para confecção dos Autos de Infração pelo Fisco Estadual.

O segundo flagrante ocorreu no município de Indiaroba, onde foi contatado que um caminhoneiro transportava 500 sacos de ração animal sem nota fiscal. Nesse caso, o auto foi lavrado no local e a carga liberada após o pagamento dos impostos a Fazenda Estadual.

Já por volta das 11h30, em Estância, os policiais militares e os fiscais da Sefaz retiveram cinco veículos de carga que transportavam mercadorias com notas fiscais divergentes, entre móveis, materiais de construção, máquinas e tecidos. Um sexto veículo foi identificado com elevadores pata veículos sem Nota Fiscal. As cargas foram retidas e conduzidas à Central de Comandos de Nossa Senhora Socorro, para confecção dos Autos de Infração pelo Fisco Estadual.

Em seguida, durante abordagem a um caminhão e a uma carreta na BR-101, em Laranjeiras, foi constatado o transporte de cargas com máquina de ressonância magnética peças industriais, respectivamente, com as notas divergentes. Os autos de infração foram providenciados na  Central de Comandos de Socorro.

Por volta das 12h, uma equipe do Grupo Ostensivo Fazendário, em conjunto com Auditores da Secretária da Fazenda, verificou que um caminhão transportava válvulas industriais com notas fiscais divergentes. O Auto de Infração foi confeccionado na  Central de Comandos de Socorro.

Última atualização em 12 de abril de 2023 às 02:53:16.