Momentos emocionantes, homenagens, apresentação cultural, sorrisos e confraternização natalina marcaram a tarde desta quarta-feira, 20, dos alunos da Escola Estadual Professor Manoel Franco Freire, no Bairro Jabotiana, ao participarem das formaturas do 5° ano do ensino fundamental e do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

Durante os últimos cinco anos, o Proerd acompanha a formação educacional dos alunos dessa escola estadual. Na oportunidade, a diretora Andreia Maria Belchior de Abreu Santos comentou sobre a importância desse momento na vida dos adolescentes: “Buscamos o melhor para os nossos alunos. É um momento que compartilhamos a alegria e a sensação do dever cumprido”.

A professora Ana Maria Souza foi uma das homenageadas: “Nossa escola conta com educadores compromissados, que atuam com amor, dedicação e responsabilidade. Essa receita, aliada à práxis profissional, faz uma grande diferença na vida das crianças”, disse a docente, muito satisfeita pela realização do trabalho juntamente com a instituição militar.

Proerd

A diretora da escola destacou, também, a importância das atividades do Proerd no espaço escolar: “Considero, de extrema importância e de maneira lúdica, a atuação do Proerd, que faz com que o nosso aluno perceba que as drogas e a violência prejudicam a todos na sociedade”, salientou Andreia Maria.

O sargento Alex Farias, um dos instrutores do projeto da PMSE, explicou que o Proerd é uma iniciativa inspirada em um projeto norte-americano, que direciona suas atividades com um esforço cooperativo entre a escola, polícia e a família. A Polícia Militar de Sergipe implantou o Proerd em 2001, com o objetivo de promover o bem-estar da sociedade, por meio da redução do consumo de drogas e da diminuição dos danos causados pelos entorpecentes.

“É de extrema relevância a discussão dos problemas sociais no espaço escolar, já nos anos iniciais da criança. Os educadores contribuem muito para a formação dos cidadãos. É um trabalho conjunto; preparamos os jovens para que eles façam as escolhas certas”, frisou o sargento ao explicar que o Proerd consiste em uma ação conjunta entre o policial militar devidamente capacitado (chamado de Polícia Proerd), professores, estudantes, pais e a comunidade, no sentido de prevenir e reduzir o uso indevido de drogas e a violência.

Envolvimento dos alunos

O pequeno Grégory Piedade não disfarçou a alegria: “Hoje é um momento inesquecível! Estudo na Escola Estadual Professor Manoel Franco Freire desde o 3º ano e sempre gostei dos professores. Fiz muitos amigos que levarei em meu coração”, declarou.

Para os estudantes, a felicidade era dobrada, uma por participarem das formaturas do ensino fundamental e a outra, de terem a assistência do Proerd nesse período. Geovanna Pereira afirmou que gostava das atividades do Proerd. “Os policiais traziam temas importantes, como o combate à violência e os malefícios do uso das drogas”, disse a estudante.

A sua irmã, Nycoly Pereira, afirmou que ficou emocionada ao receber a notícia de que foi a primeira colocada no Concurso de Redação do Proerd: “Aprendi muito com todas as atividades; estou feliz pela formatura do 5° ano e também por ter participado de todas as ações do Proerd”, declarou a menina ao confessar o imenso carinho por todos os professores.

Fonte: Portal da Seed

Com atualizações da Ascom PM

Última atualização em 22 de dezembro de 2017 às 10:35:22.