Na última sexta-feira, 24, profissionais ligados ao Programa Educacional de Resistências Às Drogas e à Violência (PROERD), estiveram visitando as adolescentes que recebem assistência educacional e cultura na Unidade de Serviço Socioeducativo Feminino (UNIFEM). Promovendo atividades com o esforço cooperativo entre a escola, polícia e família, a Polícia Militar do Estado de Sergipe difunde o PROERD com o objetivo de promover o bem-estar da sociedade por meio da redução do consumo de drogas e a diminuição dos danos causados pelos entorpecentes. Durante a atividade, agentes socioeducativos, pedagogos e psicólogos e gestores administrativos também marcaram presença.

Sendo uma atividade educacional preventiva, o PROERD é mais um fator de proteção desenvolvido pela Polícia Militar para a valorização da vida, que busca contribuir para o fortalecimento da cultura da paz e a construção de uma sociedade mais saudável, feliz e, principalmente, mais segura. De acordo com o sargento Ismael, ao longo dos últimos anos, a atividade que foi criada como medida experimental tem contribuído diretamente para qualificar a educação de milhares de crianças e adolescentes que residem na capital, ou no interior. Pela primeira vez na UNIFEM, o policial instrutor parabenizou a postura dos adolescentes.

“Assim como para nós é um desafio vir até a Fundação Renascer e repassar o nosso melhor, para estas meninas também se trata de uma situação diferente em estar de frente com agentes militares que só querem provocar o sorriso e a reflexão. Estamos gratificados com essa experiência, porque elas interagiram todo o tempo com a gente. Esperamos que elas possam praticar o autoconhecimento e o autocontrole como apresentamos aqui. Fazendo isso, tenho certeza que elas serão ressocializadas como todos nós desejamos”, disse.

No momento das atividades educacionais, a UNIFEM recebeu a visita da representante da Secretaria de Estado da Educação (SEED), junto ao Ministério Público Estadual (MPE), Selma Siqueira de Carvalho. “Estou encantada com o que presenciei hoje aqui nesta unidade. Uma coisa é a direção nos relatar o que está sendo feito, outra coisa é vir aqui, de surpresa, e perceber que tudo que é relatado em documentos, de fato é verdade. A UNIFEM está de parabéns pelo trabalho e por esta atividade realizada em parceria com a Polícia Militar”, destacou.

Implantado em Sergipe desde o ano de 2000, o Programa já beneficiou mais de 56 mil alunos. Atualmente, o núcleo de atendimento do PROERD está localizado no Quartel do Comando Geral (QCG). A perspectiva é que já nas próximas semanas a Comunidade de Ação Socioeducativa São Francisco de Assis (Casi), também seja agraciada com o trabalho educacional ministrado pela Polícia Miliar.

Fonte: Jornal Renascer/ Nº 18, de 2015

Última atualização em 11 de agosto de 2015 às 01:03:35.